NINGUÉM NUNCA CONTOU QUE NÃO PRECISA TROCAR A BATATA INGLESA PELA BATATA DOCE. Tudo o que você precisa saber.

A batata inglesa é um dos alimentos que também foram crucificados quando o assunto é emagrecimento e redução de gordura corporal. Ela foi retirada da dieta por acreditarem que atrapalha emagrecer. Enquanto a batata doce teve seu consumo acelerado como se fosse um novo milagre para quem pratica exercício físico.

Vou apresentar algumas características dos 2 tipos de batata em uma comparação de 100g dos  alimentos cozidos:

  1. Carboidratos: Inglesa (11,9g) , Doce (18,4g)
  2. Calorias : Inglesa (52 Kcal) , Doce (77kcal)
  3. Proteínas : Inglesa (1,2g) , Doce (0,6g)

 

A batata inglesa tem um pouco menos de fibras, porém apresenta menos carboidratos e calorias, além de maior quantidade de proteínas.

Agora, se você buscar informações sobre o índice glicêmico fica ainda mais curioso. Dependendo da forma como estes alimentos são preparados ocorrem alterações no índice glicêmico.

A Batata inglesa cozida sem casca tem índice glicêmico de 98 . E a batata doce descascada e cozida tem 94. Ambos muito altos. Quando a batata inglesa é cozida com casca este índice cai para 69. Já a batata doce Descascada e assada o valor vai para 82.

QUER OUTRA INFORMAÇÃO IMPORTANTE?  Se você ingerir estes 2 tubérculos acompanhados com outros vegetais e proteínas ocorre uma redução no índice glicêmico. Ou seja, não vai ser o consumo da batata inglesa que vai atrapalhar o emagrecimento.

Não estou defendendo o consumo dessa ou daquela batata. O gosto e o paladar são individuais de cada pessoa. SÓ QUERO ESCLARECER QUE NÃO VAI SER A BATATA DOCE OU O GLÚTEN-FREE QUE VÃO TE EMAGRER.

As causas do ganho de peso são outras: refrigerante, pizza, açúcar, sedentarismo. E claro que não é proibido consumir estes alimentos. Tem que saber como e quando.

A mudança sustentável no estilo de vida continua fazendo a diferença.

E lembre que plano alimentar e dieta é com sua Nutricionista.

07 jul