Retenção Hídrica: Alimentos vilões e aliados desse processo

retenção hidrica

Talvez você não tenha percebido a importância de evitar alguns alimentos e incluir outros quando o assunto é retenção hídrica.

Podemos chamar de vilões os alimentos que contribuem para a retenção de líquidos. Nesse grupo estão os produtos industrializados, normalmente ricos em sódio (muito utilizado no processo de conservação), como os molhos prontos e temperos, alimentos em conserva, embutidos e refrigerantes. Bebidas alcoólicas também fazem parte desse grupo, além dos adoçantes a base de sacarina sódica e ciclamato de sódio.

Para evitar a retenção hídrica vale inserir no cardápio chás e alimentos diuréticos. Como exemplo, podemos citar: dente de leão, cavalinha, chá branco, melão, melancia, abacaxi, alface, pepino, entre outros. Além disso, vale lembrar a ingestão de água, fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo.

Você vai compartilhar esse texto no seu facebook agora, ou vai salvar em favoritos e compartilhar depois? Divulgue para seus amigos.

 Dica  da nossa Nutricionista Taciane Peron.

mais
26 jul
Sem Comentários
Carboidratos X Gordura Abdominal

Carboidrato e gordudra abdominal

A gordura abdominal, além de trazer vários riscos à saúde, também é a gordura que esteticamente mais incomoda. A dica de hoje para evitar essa gordurinha indesejada é atentar-se para o consumo de alimentos com alto índice glicêmico (IG).

As informações sobre IG surgiram na década de 80 e o efeito glicêmico dos alimentos está relacionado com a velocidade em que o mesmo é digerido no trato gastrointestinal e absorvido para a circulação.Quanto mais rápido isso acontece, maior o índice glicêmico do alimento. Recentemente não apenas o IG – que está relacionado com a qualidade do carboidrato – tem sido valorizado, mas também o conceito de carga glicêmica, que leva em consideração a quantidade ingerida do alimento. O segredo é observar a qualidade do carboidrato e também ter cuidado com a quantidade.

Açúcar, massas, pães, bolos e preparações feitas com farinhas refinadas podem ser grandes inimigos. Procure optar pelo integral, verifique o quanto de fibra o alimento possui e ao invés de olhar caloria, dê mais atenção à qualidade.

O carboidrato tem a função de fornecer energia e disso não podemos abrir mão! Então se cuide e escolha bem a fonte de energia que você tem dado a seu corpo!

 Esta dica é da nossa Nutricionista Taciane Peron.

mais
20 jul
Sem Comentários
EXCESSO DE PESO CORPORAL E SEDENTARISMO- Qual a solução?

1555498_619423888093008_1775866820_n

 

Dados do Ministério da Saúde apontam que mais da metade da população brasileira está acima do peso. Em relação ao nível de sedentarismo os números apesar de serem altos, variam de acordo com os critérios das pesquisas. Algumas apontam que mais de 50% da população é sedentária, outros já falam em 80%.
Por outro lado, sabemos que existe uma forte relação entre sedentarismo, obesidade e doenças crônicas- degenerativas. Outro dado interessante é que a cada 100 mortes em obesos cardíacos, 13 são sedentários. 
Até aí tudo bem,as observações acima são comprovadas. ONDE ENTRA A CONTRADIÇÃO? Por que em um mundo com tantas informações, com tantas evoluções na área da saúde OS PROBLEMAS COM SEDENTARISMO E EXCESSO DE PESO CORPORAL CONTINUAM AUMENTANDO?
Constantemente a mídia tem mostrado que tanto o sedentarismo como a obesidade reduzem a qualidade de vida e aumenta os riscos de morte. E PORQUE AS PESSOAS ENCONTRAM TANTAS DIFICULDADES EM ADOTAR UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL?

mais
13 jan
Sem Comentários
OS RISCOS DO EXCESSO DE PESO CORPORAL E DO SEDENTARISMO

excessodepeso100412

Controlar o peso corporal, deixar o sedentarismo e adotar um estilo de vida saudável vai muito além de questões estéticas. Afetam diretamente nossa saúde e bem estar.

Atualmente mais da metade da população brasileira está cima  do peso corporal. E uma grande parcela da população é sedentária.

O excesso de peso e gordura corporal contribuem para o aparecimento de diversas doenças como a hipertensão arterial; diabetes;ronco e apneia do sono, dor lombar, alguns tipos de câncer, isolamento social e depressão.

Diversos estudos já mostraram que a obesidade é fator de risco para doenças cardiovasculares. Por outro lado a vida sedentária além de ser um dos fatores responsáveis pelo aumento do peso corporal está associada com risco de morte prematura

INFELIZMENTE MUITAS PESSOAS NÃO SABEM que muitas doenças decorrentes do sedentarismo e excesso de peso corporal são lentas e ocorrem gradualmente.

E vale a pena refletir em cima de mais um fato importante. Nós brasileiros estamos vivendo mais. A expectativa de vida aumentou. No entanto não adianta apenas viver mais. Temos que viver com qualidade,com autonomia.

Imagine como você quer esta daqui a 10 anos. Se está acima do peso e é sedentário, reflita um pouco o que pode acontecer se você não mudar.

mais
05 jan
Sem Comentários