OBESIDADE INFANTIL: PRINCIPAIS CAUSAS

Causas da obesidade infantil

Diversos fatores são responsáveis pelo aumento do excesso de peso corporal em crianças e adolescentes.

Apesar do fator genético influenciar no ganho de peso corporal, os fatores ambientais, principalmente estilo de vida sedentário associado a hábitos alimentares inadequados são determinantes nesse processo.

No tocante ás crianças e adolescentes, os principais fatores ambientais que têm contribuído bastante para o aumento do sobrepeso nessa faixa etária, além do excesso na ingestão energética, seriam  o número de horas em frente à televisão, e a inatividade física. O meio ambiente e o contexto familiar desfavoráveis propiciam condições ao desenvolvimento do excesso de peso e da obesidade na infância e na adolescência.

Os resultados de muitos estudos têm confirmado uma relação positiva entre o aumento da adiposidade na infância e adolescência e o excesso de horas assistindo televisão, que, além de ser uma atividade sedentária, expõem as crianças á propagandas de alimentos e bebidas com alta densidade energética além de reforçar o comportamento sedentário .

mais
09 jan
Sem Comentários
OBESIDADE INFANTIL: SITUAÇÃO ALARMANTE

obesidade1

O número de crianças e adolescentes no Brasil com Sobrepeso e Obesidade é bastante preocupante. Pesquisa realizada em 2009 mostrou que 1 em cada 3 crianças com idade entre 5 e 9 anos estavam acima do peso corporal.

Crianças com sobrepeso e  obesidade são encontradas com grande frequência, a partir de 5 anos de idade, em todos os grupos de renda e em todas as regiões brasileiras.

Os dados mostram que aproximadamente 36,6% das crianças nesta faixa etária estão acima do peso corporal. Vale destacar que estes dados são de 2009. Já passaram 6 anos. E o que mais preocupa é que as projeções é que estes números continuariam aumentando. Além da grande chance destas crianças acima do peso tornarem-se obesas.

Na faixa etária entre 10 e 19 anos, o  sobrepeso aumentou seis vezes para homens e três para mulheres em 34 anos.

            É necessário aprofundar as discussões sobre o tema visando compreender as causas e traçar políticas públicas de prevenção e controle.

 

mais
08 jan
Sem Comentários
OS RISCOS DO EXCESSO DE PESO CORPORAL E DO SEDENTARISMO

excessodepeso100412

Controlar o peso corporal, deixar o sedentarismo e adotar um estilo de vida saudável vai muito além de questões estéticas. Afetam diretamente nossa saúde e bem estar.

Atualmente mais da metade da população brasileira está cima  do peso corporal. E uma grande parcela da população é sedentária.

O excesso de peso e gordura corporal contribuem para o aparecimento de diversas doenças como a hipertensão arterial; diabetes;ronco e apneia do sono, dor lombar, alguns tipos de câncer, isolamento social e depressão.

Diversos estudos já mostraram que a obesidade é fator de risco para doenças cardiovasculares. Por outro lado a vida sedentária além de ser um dos fatores responsáveis pelo aumento do peso corporal está associada com risco de morte prematura

INFELIZMENTE MUITAS PESSOAS NÃO SABEM que muitas doenças decorrentes do sedentarismo e excesso de peso corporal são lentas e ocorrem gradualmente.

E vale a pena refletir em cima de mais um fato importante. Nós brasileiros estamos vivendo mais. A expectativa de vida aumentou. No entanto não adianta apenas viver mais. Temos que viver com qualidade,com autonomia.

Imagine como você quer esta daqui a 10 anos. Se está acima do peso e é sedentário, reflita um pouco o que pode acontecer se você não mudar.

mais
05 jan
Sem Comentários
SUPERE A PROCRASTINAÇÃO E EMAGREÇA

 

mulheres-saindo-uma-da-outra

A procrastinação é uma espécie de paralisia. Significa deixar para depois, adiar uma ação que você gostaria de colocar em prática.

Alguns aspectos como a autossabotagem, ansiedade e metas foras da realidade estão relacionadas com a procrastinação.

DICAS PARA SAIR DA PROCRASTINAÇÃO E COMEÇAR  A EMAGRECER:

Ter a consciência do por que você quer emagrecer. O quanto isto será importante para você. Ter mais disposição para brincar com os filhos; mais saúde e disposição diária; voltar a usar aquele vestido; poder subir uma escada de forma tranquila. Seja o que for, IDENTIFIQUE ESTA IMPORTÂNCIA PARA VOCÊ.

-Definir seu objetivo e dividir em pequenas metas. Se o objetivo é perder 12 kg em seis meses. Determine 2 kg por mês e comemore cada etapa vencida. O nosso cérebro motiva com metas de curto prazo. E cada pequena meta alcançada é um estímulo para seguir em frente.

 –Divirta-se durante a caminhada: corra de fórmulas mágicas e jamais passe fome para emagrecer. Não seja tão duro com você. Pense no programa de exercícios mais alimentação saudável como algo a longo prazo até que torne parte de sua rotina diária. E curta as conquistas e os obstáculos superados.

-Não continue adiando seu sonho: Quantas vezes você já falou: “na próxima segunda feira mudo minha alimentação”.” No próximo ano vou iniciar um programa de exercícios físicos”. Quantas pessoas já disseram isso e nunca começaram? ENTÃO VOLTE NO TÓPICO 1 e descubra por que para você emagrecer é importante. QUEM VAI FICAR FELIZ SE VOCÊ CONSEGUIR? QUAL SERÁ O SEU SENTIMENTO QUANDO CONSEGUIR.

 O Programa de Exercícios Físicos e o Plano Alimentar são apenas parte de um processo que envolve a consciência de que emagrecer depende também de sua atitude e autonomia . E ressaltando que emagrecer é saúde sim. Vai além de estética.

 

mais
28 set
Sem Comentários